HRAC-USP Bauru
Notícias

(Português do Brasil) Faculdade de Medicina de Bauru é a mais nova unidade da USP

Sorry, this entry is only available in Brazilian Portuguese.

A nova faculdade abrigará o curso de Medicina de Bauru, que atualmente é administrado pela Faculdade de Odontologia de Bauru. Oferecido desde 2018, o curso é o terceiro mais concorrido do vestibular da USP

Por Erika Yamamoto / Assessoria de Imprensa da Reitoria

Com 93 votos a favor, oito votos contrários e sete abstenções, o Conselho Universitário aprovou, em 19/03/2024, a criação da Faculdade de Medicina de Bauru (FMBRU).

“Essa era uma solicitação muito grande de nossos alunos de Medicina de Bauru. Tenho certeza que essa nova faculdade terá a mesma representatividade das outras unidades da USP, um papel de liderança na formação de recursos humanos de qualidade”, afirmou o reitor Carlos Gilberto Carlotti Junior, na reunião do Conselho Universitário.

A proposta para a criação da FMBRU foi elaborada por um Grupo de Trabalho, formado em abril de 2023, e analisada pelas instâncias decisórias da Universidade – Comissão de Atividades Acadêmicas (CAA), a Comissão de Orçamento e Patrimônio (COP) e a Comissão de Legislação e Recursos (CLR) – antes de ser submetida para aprovação final do Conselho.

Quando estiver completamente implantada, a FMBRU terá uma estrutura com dois departamentos, abrangendo quatro grandes áreas: Saúde Coletiva, Atenção à Saúde e Saúde Mental; Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente; Clínicas Cirúrgicas; e Clínica Médica, Urgências, Medicina Diagnóstica e Terapêutica.

A última unidade da USP criada tinha sido o Instituto de Arquitetura e Urbanismo (IAU), em 2010.

Missão cumprida
“Com muito orgulho, graduamos a primeira turma de médicos de Bauru no ano passado, após o curso ser considerado excelente pelo Conselho [Estadual] de Educação. A FOB se compromete em dar suporte à FMBRU em tudo o que for necessário, no entanto, neste momento, sentimos que nossa missão está cumprida e agora, para seu pleno desenvolvimento, o curso de Medicina necessita da criação da Faculdade de Medicina de Bauru”, afirmou Marília Afonso Rabelo Buzalaf, diretora da Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB), que abrigou o curso de Medicina de Bauru desde 2018.

Marília também ressaltou que a criação do curso de Medicina trouxe vantagens não só para a USP, mas para toda a região do Centro-Oeste paulista, aumentando o número de estudantes de graduação no campus local e ocupando o prédio, que estava ocioso, com o novo Hospital das Clínicas de Bauru, uma demanda antiga da cidade.

“A criação de uma nova unidade acadêmica possibilita maior autonomia, gestão estruturada, voltada para as necessidades do curso, e maior facilidade do ponto de vista de priorização de investimentos. Para que o curso de Medicina de Bauru atinja o nível de excelência das coirmãs de Ribeirão Preto e de São Paulo, que é o esperado de um curso da USP, é fundamental ampliar a atuação e os limites do curso, buscando atender e desenvolver de forma completa as atividades de ensino, pesquisa e extensão e que só poderão ser atingidos com a autonomia acadêmica, financeira e administrativa”, explicou a diretora.

Curso de Medicina em Bauru
O curso de Medicina da USP no campus de Bauru teve sua criação aprovada pelo Conselho Universitário no dia 4 de julho de 2017, para ser oferecido já no vestibular de 2018.

A aula magna que marcou a inauguração oficial do curso foi ministrada no dia 26 de fevereiro de 2018, pelo médico e ex-reitor da USP Marco Antonio Zago, sobre o tema Câncer: uma doença mortal, tratável e curável. O então governador Geraldo Alckmin, que também é médico, apresentou uma palestra sobre o papel do Estado na saúde pública.

Com duração de 12 semestres, o curso de Medicina de Bauru oferece 60 vagas em período integral e, logo nos primeiros anos, tornou-se um dos mais concorridos da USP. Em novembro do ano passado, foi realizada a colação de grau dos 52 alunos da primeira turma do curso.

(Matéria publicada no Jornal da USP. Fotos: Cecília Bastos/USP Imagens)

…………………………………………..

MENSAGEM DA DIRETORA DA FOB SOBRE A CRIAÇÃO DA FACULDADE DE MEDICINA DE BAURU

Por 93 votos favoráveis (eram necessários 80), o Conselho Universitário aprovou nesta tarde a criação da Faculdade de Medicina de Bauru (FMBRU). O curso de Medicina de Bauru, criado em 2017, cuja primeira turma se graduou em novembro do ano passado, passará agora a ser administrado por uma unidade acadêmica própria.

Esta aprovação é muito importante para possibilitar maior autonomia, assegurar uma gestão estruturada voltada para as necessidades integrativas acadêmicas e garantir maior facilidade do ponto de vista de priorização de investimentos, definição de regramento estrutural e operacional efetivo.

Também é fundamental para que o curso de Medicina de Bauru atinja o nível de excelência de suas coirmãs, em Ribeirão Preto e São Paulo, que é o esperado de um curso da Universidade de São Paulo.

Com a criação da nova Unidade, será possível haver uma estrutura administrativa mais flexível, com tomada de decisões e priorização de investimentos mais alinhadas com as particularidades e necessidades do curso.

Em adição, uma Unidade de Ensino nos moldes das coirmãs de São Paulo e Ribeirão Preto, com sua tradição em ensino e pesquisa de excelência, atrairá docentes e profissionais, o que permitirá o seu pleno desenvolvimento acadêmico, científico e assistencial.

Ainda, a gestão acadêmica do Hospital das Clínicas de Bauru (HCB) pela FMBRU será fundamental para assegurar o alinhamento do ensino e pesquisa com as práticas clínicas atualizadas e as necessidades da comunidade.

A FOB cumpriu o seu compromisso com a USP de abrigar e estruturar o curso de Medicina da USP em Bauru.

Tivemos o apoio inestimável de docentes da FM, FMRP, ICB, EERP, dentre outras unidades da USP, além, obviamente, do nosso Reitor e Pró-Reitor de Graduação, da gestão atual e passada, a quem agradecemos imensamente.

Com muito orgulho, graduamos a primeira turma de médicos no final do ano passado, após o curso ter sido reconhecido como excelente pelo Conselho Estadual de Educação.

Em adição, a FOB se compromete a continuar dando suporte administrativo à FMBRU tanto quanto for necessário, já que muitos serviços desta natureza serão compartilhados entre as duas Unidades.

Profa. Dra. Marília Afonso Rabelo Buzalaf
Diretora da FOB-USP

Karin Neppelenbroek, prefeita do Campus USP de Bauru; Carlos Gilberto Carlotti Junior, reitor da USP; Marília Buzalaf, diretora da FOB; e Ivy Trindade Suedam, professora da FOB-USP e presidente da Comissão de Pós-Graduação do HRAC, após a aprovação da nova Unidade de Ensino. Foto: Divulgação

(Da Assessoria de Comunicação do Campus USP Bauru)

…………………………………………..

Confira série de vídeos divulgados pela TV USP Bauru repercutindo a criação da FMBRU

Faculdade de Medicina é aprovada
https://www.instagram.com/reel/C4tQHqgOsIv/

Alunos celebram aprovação da FMBRU
https://www.instagram.com/reel/C4tUuOfOYpC/

Aprovação da FMBRU é comemorada
https://www.instagram.com/p/C4td96HuHHu/

Reitor fala da nova Faculdade
https://www.instagram.com/p/C4trm9tOWPb/

Acompanhe os vídeos da TV USP Bauru no Instagram (@tvuspbauru) e no canal youtube.com/tvuspbauru.

Assessoria de Imprensa HRAC-USP

Assessoria de Imprensa HRAC-USP