Site do HRAC-USP agora conta com o recurso VLibras

Ferramenta faz a tradução automática de conteúdos digitais para a Língua Brasileira de Sinais, ampliando a acessibilidade para as pessoas com surdez               

O site institucional do Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais (HRAC/Centrinho) da USP em Bauru (https://hrac.usp.br/) conta agora, desde 29/07/2022, com o recurso VLibras, ferramenta que traduz conteúdos digitais para a Língua Brasileira de Sinais (Libras).

O recurso foi habilitado no site a partir de solicitação da professora Ana Lúcia Pompéia Fraga de Almeida, presidente da Comissão de Cultura e Extensão Universitária do HRAC-USP e docente da Disciplina de Prótese da FOB-USP.

“As barreiras tecnológicas são quaisquer obstáculos que dificultam ou impedem o acesso da pessoa com deficiência aos instrumentos de tecnologia, os quais são utilizados tanto para entretenimento, como para comunicação e informação. Após quatro anos na Coordenação do programa USP Legal, da Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária, observamos que mais de 95% dos sites da Universidade não possuíam acessibilidade digital”, conta Ana Almeida.

“Para ampliar essa acessibilidade – não somente aos pacientes, mas também para candidatos dos processos seletivos para os cursos de pós-graduação e de cultura e extensão e para o público externo –, propusemos que o HRAC, hospital com expertise no tratamento da deficiência auditiva, disponibilizasse recurso de Libras em seu site”, ressalta a professora.

“Como centro especializado com atuação na área de saúde auditiva – que atende pacientes com surdez que se comunicam por Libras –, além de contarmos com alguns profissionais fluentes na língua, é importantíssimo ampliarmos sempre a inclusão e acessibilidade para esse público, e essa ferramenta agora disponibilizada no nosso site institucional vem somar nesse contexto”, afirma o professor Carlos Ferreira dos Santos, superintendente do HRAC-USP.

Como funciona?
“O VLibras é muito simples de ser utilizado. Basta clicar no símbolo da Libras (ícone das mãozinhas), na lateral direita do site, e, após o carregamento do assistente, é só clicar sobre o conteúdo que deseja traduzir”, explica Márcio Antonio da Silva, técnico em informática da Superintendência do HRAC-USP e responsável pela administração do site do Hospital.

“O recurso possibilita ainda a escolha do avatar do assistente, alternando entre figura masculina, feminina ou de criança, além da velocidade de exibição e posicionamento da tela. Também há funcionalidades como dicionário e botão para avaliar a tradução feita pelo assistente”, completa.

A ferramenta
O VLibras é uma ferramenta gratuita de código aberto e distribuição livre que faz a tradução automática de conteúdos digitais (texto, áudio e vídeo) em Português para a Língua Brasileira de Sinais (Libras), tornando sites, computadores, smartphones e tablets mais acessíveis para as pessoas surdas.

Resultado de uma parceria entre a Secretaria de Governo Digital (SGD) do Ministério da Economia e o Laboratório de Aplicações de Vídeo Digital (Lavid) da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), o VLibras foi desenvolvido para melhorar o acesso das pessoas surdas usuárias de Libras à informação e à comunicação. Mais informações em http://www.gov.br/governodigital/pt-br/vlibras.

Assessoria de Imprensa HRAC-USP

Assessoria de Imprensa HRAC-USP