Programa / The Program

Por ser um hospital de pesquisa e reabilitação, altamente reconhecido pelo tratamento que oferece, o Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais  da Universidade de São Paulo (HRAC-USP) vem desenvolvendo ao longo dos anos uma vocação natural: o investimento na pesquisa científica e na formação de recursos humanos.

Afinal, ao divulgar aos profissionais da saúde conhecimentos tão específicos e úteis para a reabilitação de milhares de pessoas portadoras de anomalias craniofaciais – como os reconhecidamente adquiridos por sua equipe interdisciplinar em anos de trabalho – o HRAC está beneficiando os próprios pacientes, que passam a contar com mais profissionais especializados atuando pelo Brasil afora.

E a experiência não poderia ser melhor: a implantação do Programa de Pós-Graduação (mestrado e doutorado), além de cursos de extensão e aprimoramento em diversas áreas do conhecimento, tem criado a cada ano um número significativo de recursos humanos e colaborado para o enriquecimento da literatura científica.

 THE PROGRAM (more)

 The Hospital for Rehabilitation of Craniofacial Anomalies, University of São Paulo (HRAC-USP) is a Research and Rehabilitation Center highly recognized in Brazil and world-wild. The natural vocation of our center is supporting research and education besides providing care on Craniofacial Anomalies.

The interdisciplinary team of HRAC-USP spreads and generates new knowledge on craniofacial anomalies with the goal to benefit patients in all the country and outside. The Program of Post Graduation (Master and PhD) in Sciences of Rehabilitation has created a significant number of new professional and evidences, collaborating to the international scientific literature on craniofacial anomalies.

THE PROGRAM (close)

 

HISTÓRICO DO PROGRAMA (ver mais)

O HRAC-USP foi fundado como Centro Interdepartamental da Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB-USP) em 1967, e, tornou-se unidade hospitalar autônoma em 1976, na condição de Órgão Complementar da USP. Presta atendimento multidisciplinar a pacientes com fissuras orofaciais e anomalias relacionadas e a portadores de deficiências auditivas tendo se projetado como Centro de Excelência para o estudo e tratamento dessas anomalias, tanto em nível nacional como internacional. Ao longo dos anos, diante da experiência adquirida na assistência aos pacientes, profissionais de variadas áreas e com sólida formação acadêmica, passaram a desenvolver pesquisas básicas e aplicadas e a atuar na divulgação e transmissão dos conhecimentos adquiridos, atendendo, assim, aos três objetivos da Universidade: Extensão, Pesquisa e Ensino.

Particularmente no que diz respeito à área de Ensino, o HRAC passou a oferecer de forma sistematizada, a partir de 1996, Cursos de Aprimoramento e Residência, Aperfeiçoamento e Especialização, todos gratuitamente, com a finalidade de formar profissionais especialistas em diferentes áreas da reabilitação das anomalias craniofaciais: Medicina, Odontologia, Fonoaudiologia, Fisioterapia, Pedagogia, Enfermagem, Serviço Social, Psicologia e Nutrição.

Procurando ampliar sua área de atuação e oferecer, também, cursos de natureza acadêmica, o HRAC teve aprovado pelo Conselho de Pós-Graduação da USP e pela CAPES, seu Programa de Pós-Graduação em Ciências, tendo como área de concentração: Distúrbios da Comunicação Humana (DCH), de caráter multidisciplinar, em nível de Mestrado e Doutorado, oferecido a partir de 1998. Em 2002, foi aprovada nova área de concentração: Fissuras Orofaciais (FOF), em nível de Mestrado, voltado apenas para a área odontológica.

No ano de 2003, o Programa passou a ser denominado Programa de Pós-Graduação em Ciências da Reabilitação, no sentido de melhor caracterizar o perfil dos cursos oferecidos e de facilitar sua identificação entre o rol de Programas credenciados na USP e na CAPES.

Em 2006, o Programa foi reformulado e passou a ser oferecido em uma única área de concentração, de caráter multidisciplinar: Fissuras Orofaciais e Anomalias Relacionadas, em nível de Mestrado e Doutorado, atendendo, desta forma, ao perfil historicamente construído pelo HRAC.

Vale destacar que o conjunto de atividades de ensino desenvolvidas pela instituição, levaram à certificação como Hospital de Ensino pelo Ministério da Saúde e Ministério da Educação, o que veio a reforçar a vocação acadêmica do HRAC com reflexos positivos e imediatos para a consolidação do PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA REABILITAÇÃO.

HISTÓRICO DO PROGRAMA (clique para fechar)

 PROGRAM'S HISTORICAL BACKGROUND (more)

The HRAC-USP was founded as a Interdepartamental Center from the Bauru Dental School (FOB-USP) in 1967 and became an autonomous Hospital in 1976, representing a Complementary Unit of the University of São Paulo. The Hospital provides multidisciplinary care to patients with cleft lip and palate and related craniofacial anomalies besides patients with audiological deficiencies. With time, HRAC-USP became a World-Class Center for the research and treatment of the above mentioned anomalies. In front of the acquired experience in patient care, the team professionals with a solid academic education have started producing research and teaching on Craniofacial Anomalies attending the three main goals of the University: Research, Education and Extension.

 Regarding Education, the HRAC-USP started to systematically offer Specialization courses and Residences in 1996. All the specialization courses are free of tuition and have the goal to form specialized professionals evolved in the multidisciplinary care of craniofacial anomalies: Physicians, Dentists, Speech Pathologists and Audiologists,

Nurses, Psychologists, Physiotherapists, Nutritionists and Social Workers. In 1998, the Hospital started offering Master and Doctoral Post graduation Programs in Sciences approved by the Brazilian Ministry of Education (CAPES) and by the Post graduation Counsel of the University of São Paulo. In 2003, the name of the program became Post Graduation Program in Sciences of Rehabilitation. In 2006, a unique area of concentration called Orofacial Clefts and related Anomalies embraced the mission of the HRAC-USP.

 It is important to highlight that the research and education programs determined that the institution was recognized as a Hospital for Education by the Ministry of Education and Health. This recognition has confirmed the academic vocation of HRAC-USP with positive repercussions to the consolidation of the PROGRAM OF POSTGRADUATION IN SCIENCES OF REHABILITATION.

PROGRAM’S HISTORICAL BACKGROUND (close)

 

PROPOSTA DO PROGRAMA (ver mais)

O Programa de Pós-Graduação em Ciências da Reabilitação do Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais (HRAC) da Universidade de São Paulo (USP) visa, de modo amplo, formar recursos humanos altamente qualificados na área de Fissuras Orofaciais e Anomalias Relacionadas, embasados em princípios acadêmico-científicos, capazes de atuar na difusão de conhecimentos e contribuir para o avanço da área com a geração de novos conhecimentos.

De modo estrito, visa a formação interdisciplinar de pesquisadores na área aplicada e, simultaneamente, sua qualificação para a docência, pesquisa e para o exercício diferenciado de suas funções com liderança e capacidade de supervisão. Trata-se de proposta de perfil acadêmico e multidisciplinar, oferecido por Centro de Referência na área.

O objetivo INTERDISCIPLINAR deste programa, congregando diversas áreas da saúde em torno da problemática das fissuras orofaciais, parece apresentar certo ineditismo no Brasil e no mundo. Em outros centros nacionais e internacionais, as fissuras orofaciais são pesquisadas dentro de programas específicos de Cirurgia Plástica, Odontologia ou Fonoaudiologia. Nosso programa contempla tais áreas do conhecimento, entrelaçando-as ainda com a Genética, Fisiologia, Psicologia e Fisioterapia. Tais áreas interagem tanto em algumas disciplinas do programa quanto em projetos de pesquisa multidisciplinares.

O programa ainda visa gerar novos conhecimentos interdisciplinares e transdisciplinares na área da saúde de modo a contribuir para a reabilitação de indivíduos com anomalias craniofaciais, no sentido de melhorar a qualidade da reconstrução morfológica e dos resultados funcionais, reduzindo o desgaste do paciente e suas famílias durante a terapia e promovendo a sua inclusão na sociedade.

PROPOSTA DO PROGRAMA (clique para fechar)

PROGRAM'S MISSION (more)

 The Postgraduation Program in Sciences of Rehabilitation of the Hospital for Rehabilitation of Craniofacial Anomalies, University of São Paulo, aims in a wider manner to educate highly qualified human resources in the area of Orofacial cleft and Related Anomalies with academic-scientific principles in order to spread and generate new knowledge in the area.

The interdisciplinary aim of this program, congregating many fields of health around the orofacial cleft problem seems to have a certain innovation in Brazil and in the World. In other national and international educational institutions, the cleft lip and palate is studied in disciplinary programs as Plastic Surgery, Dentistry or Speech Pathology. Our Post Graduation program includes all these fields aggregating also Genetics, Physiology, Psychology and Physiotherapy. All these fields interact both in the program disciplines and in interdisciplinary research projects.

Additionally, the program aims to generate new trans and interdisciplinary knowledge in the health area in order to contribute to the rehabilitation of individuals with craniofacial anomalies, increasing the quality of the morphological reconstruction and functional outcomes, reducing the burden of care and promoting social inclusion.

PROGRAM’S MISSION  (close)

 

LINHAS DE PESQUISA (ver mais)

 

LINHA 1 – FORMA E FUNÇÃO

1A – Morfologia oral e craniofacial nas fissuras labiopalatinas e anomalias craniofaciais
1B – Avaliação das funções orofaciais e desordens do sono nas fissuras labiopalatinas e anomalias craniofaciais
1C – Funções cognitivas e qualidade de vida nas fissuras labiopalatinas e anomalias craniofaciais

LINHA 2 – REABILITAÇÃO

2A – Gerenciamento das funções e disfunções associadas nas fissuras labiopalatinas e anomalias craniofaciais
2B – Condutas terapêuticas interdisciplinares nas fissuras labiopalatinas e anomalias craniofaciais
2C – Processos educacionais e tecnologia de informação nas fissuras labiopalatinas e anomalias craniofaciais

LINHA 3 – ETIOLOGIA, EPIDEMIOLOGIA E PREVENÇÃO

3A – Genética nas fissuras labiopalatinas e anomalias craniofaciais
3B – Etiologia e epidemiologia das fissuras labiopalatinas e anomalias craniofaciais

LINHAS DE PESQUISA (clique para fechar)

RESEARCH LINES AND PROJECTS (more)

 RESEARCH LINE 1 – MOPHOLOGY AND FUNCTION

Project 1A – Oral and Craniofacial morphology in oral clefts and craniofacial anomalies
Project 1B – Evaluation of orofacial function and sleep disorders in oral clefts and craniofacial anomalies
Project 1C – Cognitive functions and life quality in oral clefts and craniofacial anomalies 

LINE 2 – REHABILITATION

Project 2A – Managing function and dysfunctions associated to oral clefts and craniofacial anomalies
Project 2B – Interdisciplinary therapeutic approaches in oral clefts and craniofacial anomalies
Project 2C – Educational processes and technology in oral clefts and craniofacial anomalies

LINE 3 – ETIOLOGY, EPIDEMIOLOGY AND PREVENTION

Project 3A – Genetics in oral clefts and craniofacial anomalies
Project 3B – Etiology and epidemiology in oral clefts and craniofacial anomalies

RESEARCH LINES AND PROJECTS (close)