Humanização: Nutrição do HRAC-USP oferece jantares temáticos a mães e pais de crianças internadas

As mães Gislaine Prestes, Fernanda Rodrigues e Viviane Ferreira. Foto: Divulgação/HRAC

Iniciativa visa trazer momentos de alegria e descontração a mães e pais de crianças que ficam internadas por longos períodos no Hospital               

A advogada Fernanda Fontes Rodrigues, de Resende (RJ), está há três semanas em Bauru com a filha Lara, de apenas dois meses de vida, internada no Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais (HRAC/Centrinho) da USP.

Segundo a mãe, Lara nasceu com uma condição rara chamada Síndrome de Nager, que integra um grupo de distúrbios chamados de disostoses acrofaciais, caracterizados por malformações craniofaciais e dos membros. A condição geralmente requer traqueostomia –  abertura cirúrgica no pescoço para permitir a respiração – na primeira infância.

Assim como Fernanda, no momento, também estão há algumas semanas no Hospital com suas filhas as mães Gislaine Luane Prestes e Viviane Barcelos Ferreira.

Pensando em amenizar a tensão própria do ambiente hospitalar e proporcionar momentos de alegria e descontração a essas mães e pais de crianças que ficam internadas por longos períodos, o Serviço de Nutrição e Dietética do HRAC-USP, em parceria com a empresa terceirizada de nutrição, passará a oferecer jantares temáticos aos finais de semana, quando o fluxo hospitalar fica reduzido e exclusivo aos pacientes internados e acompanhantes.

Detalhe de mesa preparada para o jantar no refeitório do HRAC. Foto: Divulgação/HRAC

“Neste primeiro final de semana, tivemos no cardápio itens como filé de frango parisiense, batata palito, salada mista e pudim, no sábado [16 de julho], e panqueca de frango, vagem sauté, alface, bolo de chocolate e sorvete, no domingo [17 de julho], além de arroz, feijão e suco”, conta a nutricionista Eliane Petean Arena, chefe técnica do Serviço de Nutrição e Dietética do HRAC-USP e uma das idealizadoras da iniciativa.

“Planejamos agora oferecer jantares temáticos todos os finais de semana, com pratos típicos de diversos países. Os próximos serão da cozinha árabe, italiana e japonesa. Os alimentos já fazem parte do cardápio oferecido pela empresa terceirizada, portanto não há custo adicional, mas os pratos serão servidos de forma especial, com singelos mimos sempre que possível. Pretendemos também convidar músicos para pequenas apresentações nos próximos jantares”, explica a nutricionista.

Para Fernanda Fontes Rodrigues, mãe da pequena, os jantares do último final de semana foram uma grande surpresa. “Quando chegamos e vimos tudo arrumado, aquela mesa preparada com tanto carinho, ficamos muito felizes. Teve até florzinha com trufa. A gente se sentiu acolhida, sentiu o carinho, o amor de todos. Não vemos isso em hospital nenhum. É meu terceiro hospital e, realmente, esse é um diferencial. Foi um momento de distração, de amenizar tudo o que estamos passando, e nos sentimos especiais. Gente, eu nem estava vestida para isso, nem tinha roupa para isso”, relata Fernanda, aos risos.

A iniciativa é viabilizada também por meio de ações voluntárias, tanto de membros da equipe como de pessoas da comunidade, como os artistas que se apresentarão.

 

(Imagem de capa: A partir da esquerda, as mães Gislaine Prestes, Fernanda Rodrigues e Viviane Ferreira. Foto: Divulgação/HRAC)

 

Assessoria de Imprensa HRAC-USP

Assessoria de Imprensa HRAC-USP