FOB-USP está oficialmente habilitada para testes moleculares para diagnóstico de Covid-19

Os interessados em ajudar na aquisição de insumos podem entrar em contato pelo e-mail fob@usp.br                             

O Laboratório de Farmacologia da Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB-USP) está oficialmente habilitado junto ao Instituto Adolfo Lutz para a realização de testes moleculares para diagnóstico de Covid-19. A habilitação foi publicada no dia 10/04/2020, no Diário Oficial do Estado (Poder Executivo – Seção I, página 22).

“Temos reagentes apenas para 20 amostras, e nos achamos na obrigação de analisá-las. Agora, a luta é pelos insumos”, afirma o professor Carlos Ferreira dos Santos, diretor da FOB-USP e superintendente do HRAC-USP.

Conforme o dirigente informou ao Jornal da Cidade de Bauru em 08/04, a FOB-USP aguarda o recebimento de kits pela rede de testes para o coronavírus no Estado.

Com a estrutura e equipe atual, o Laboratório da FOB-USP terá capacidade de analisar até 96 amostras por dia, com uso de um robô. “Mas tudo dependerá da quantidade de insumos que receberemos. Abrimos a possibilidade de doações de qualquer quantia junto à nossa Fundação Bauruense de Estudos Odontológicos. A própria fundação fará a aquisição. São reagentes para as duas fases de diagnósticos, kits para extração do RNA do vírus, para realização do PCR em tempo real, além de tubos e EPIs (Equipamentos de Proteção Individual)”, explicou ao jornal o professor Carlos.

Os interessados em ajudar podem entrar em contato pelo e-mail fob@usp.br.

 

(Na foto do texto, o professor Carlos F. Santos durante os testes na FOB-USP; participaram também Thiago José Dionísio, especialista de laboratório, e a doutoranda Thais Francini Garbieri. Foto: Divulgação, FOB-USP / Foto da capa: Denise Guimarães, FOB-USP)