(Português do Brasil) USP autoriza instalação emergencial de 40 leitos de retaguarda no Hospital das Clínicas

Sorry, this entry is only available in Brazilian Portuguese.

Reitoria da USP enviou dia 04/05, à Secretaria de Estado da Saúde, protocolo de intenções que autoriza Estado a instalar os leitos , informou o superintendente do HRAC-USP à TV TEM

O professor Carlos Ferreira dos Santos, superintendente do Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais (HRAC/Centrinho-USP) e diretor da Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB-USP), concedeu, no dia 04/05, entrevista ao vivo à TV TEM, afiliada da Rede Globo em Bauru, e falou sobre a autorização da USP para instalação emergencial de 40 leitos de retaguarda no Hospital das Clínicas pelo Estado.

“A Reitoria da USP enviou [no dia 04/05], para o gabinete da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, um protocolo de intenções em que autoriza a instalação emergencial de 40 leitos na Unidade 2 do HRAC [prédio azul], para retaguarda ao Hospital Estadual de Bauru (HEB). A intenção é que um número igual de leitos seja criado no HEB para atendimento de pacientes com Covid-19”, afirmou o dirigente.

“A USP fez a parte dela, enviando esse protocolo de intenções. Então cabe agora à Secretaria [de Estado da Saúde] aceitá-lo, fazer essa assinatura. Esse protocolo não substitui o Termo de Cooperação Técnica que precisa ser assinado entre a Secretaria de Estado da Saúde e a Reitoria da USP – e que está em análise no jurídico da Secretaria da Saúde desde outubro de 2019. Mas, esse protocolo [de intenções] sendo assinado, caberá à Secretaria então escolher quem ela quer que faça a gestão. Esse anúncio já foi feito, pelo prefeito [municipal] e o Dr. [Rubens] Cury, secretário executivo de Desenvolvimento Regional do Estado de São Paulo, aqui em Bauru, no dia 09/04, em que foi anunciada a Famesp como a gestora desses 40 leitos emergenciais [não Covid-19 no Hospital das Clínicas]”, completou.

Testes na FOB-USP
Na entrevista, o professor Carlos Ferreira dos Santos também atualizou as informações sobre os testes diagnósticos para Covid-19 realizados no Laboratório de Farmacologia da FOB-USP.

“Desde o dia 15/04, nós iniciamos os testes após a nossa habilitação pelo Instituto Adolfo Lutz (IAL), e estamos trabalhando em uma parceria muito boa com o IAL de Bauru – quero agradecer a Dra. Virgínia [Pereira], diretora de lá. Já chegamos a 319 testes realizados e inseridos no sistema de gerenciamento da Secretaria de Estado da Saúde. E, na tarde de hoje [04/05], mais 54 resultados nós soltaremos nesse mesmo sistema”.

Ainda segundo o dirigente, “os testes rápidos detectam anticorpos e devem ser feitos após um contato mais longo com o vírus. O teste molecular, que é o que fazemos aqui na Faculdade de Odontologia de Bauru, detecta o material genético do vírus e ele está mais indicado para ser realizado quando dos primeiros sintomas, para justamente se saber se o paciente tem o vírus no seu organismo ou não, e assim a equipe médica pode determinar qual é o melhor tratamento”.

Assista à entrevista na íntegra em:
https://globoplay.globo.com/v/8529412/programa/

Veja também notícia sobre o assunto publicada no Jornal da Cidade em 01/05/2020:
https://www.jcnet.com.br/noticias/geral/2020/04/722460-sem-termo-assinado–usp-autoriza-abertura-emergencial-de-leitos-no-hc.html

(Imagem: Reprodução TV TEM Bauru)