Instituições lançam campanha Rede Bauru Solidária para ajudar no combate ao coronavírus

Recursos irão beneficiar, entre outras ações, a aquisição de insumos para testes diagnósticos de Covid-19 na FOB-USP                   

Solidariedade é o novo conceito de cidadania. Com essa proposta, um grupo formado por cidadãos e instituições bauruenses se uniu para ajudar Bauru no combate à pandemia do novo coronavírus (Covid-19). O objetivo é formar uma rede solidária mobilizando a população e empresas para a arrecadação de fundos para aquisição de insumos e produtos que serão doados para órgãos, hospitais e entidades responsáveis por diferentes áreas na luta para salvar o máximo de vidas possíveis.

De acordo com os organizadores da campanha Rede Bauru Solidária, trata-se de uma ação apartidária, ou seja, não tem a participação de governantes ou políticos em nenhuma esfera. São cidadãos entendendo que, embora seja obrigação do Estado, cada um também pode contribuir e fazer a sua parte.

A ideia é que cada bauruense doe pelo menos R$ 10,00. Mas é claro que instituições, empresas e pessoas com maior poder aquisitivo podem contribuir com um montante maior.

Pessoas físicas e empresas que quiserem colaborar podem efetuar depósito na Conta: 49990-0 do Banco Sicredi, agência 3022, em nome da Associação Comercial e Industrial de Bauru (CNPJ: 45.030.426/0001-26). As doações podem ser feitas de maneira anônima ou não. Vale ressaltar que semanalmente será disponibilizada à população uma rigorosa prestação de contas apontando como o dinheiro foi utilizado.

Transparência
A utilização dos recursos arrecadados pela Rede Bauru Solidária será definida por uma comissão que terá como mentor o superintendente do Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais (HRAC/Centrinho-USP) e diretor da Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB-USP), professor Carlos Ferreira dos Santos. “Quero parabenizar e agradecer esse grupo de colegas que resolveu fazer essa ação para atender as necessidades de saúde do município de Bauru”, destacou Santos. De acordo com ele, os testes para detecção do novo coronavírus poderão ser realizados pelo Laboratório de Farmacologia da FOB-USP, que está oficialmente habilitado junto ao Instituto Adolfo Lutz para a realização de testes moleculares para diagnóstico de Covid-19.

“De maneira proativa, entendemos que podemos nos organizar e já iniciar imediatamente esses testes, porque temos a habilitação, mas nos faltam os insumos para que possamos fazer em larga escala os testes das amostras colhidas nos hospitais de Bauru e que nos serão enviadas de forma organizada através de controle das autoridades sanitárias. Há uma promessa do Governo do Estado para destinação desses kits, mas nós não sabemos quando receberemos esses insumos. Contamos, então, com a colaboração de todos os interessados e estamos abertos para sanar quaisquer dúvidas que surgirem dentro de um cenário de total transparência”, esclarece Santos.

O presidente da Associação Comercial e Industrial de Bauru (ACIB), o economista Reinaldo Cafeo, ressaltou que o momento é de mobilização para o enfrentamento das dificuldades ocasionadas pelo novo coronavírus. “Essa pandemia pegou todo mundo de surpresa e trouxe consequências negativas para toda a população, não apenas de Bauru, mas de todos os estados e municípios brasileiros. A solidariedade nesse momento tem um impacto enorme tanto para quem precisa quanto para quem se dispõe a colaborar. Esperamos poder contar com a solidariedade e apoio de empresários e cidadãos de Bauru para conseguir enfrentar da melhor maneira esse momento tão desafiador para todos nós”.

União de esforços
Segundo o empresário Antônio Alliberty de Castro (Toninho da Ominigráfica) e um dos organizadores da Rede Bauru Solidária, a campanha surgiu ao se perceber as necessidades da saúde, principalmente neste momento de pandemia.

“Percebemos que havia entidades com a maior boa vontade se reunindo para ajudar com doações excelentes, no entanto essas doações eram em pequenos valores, dando foco nas cestas básicas, máscaras, álcool gel 70%, aventais descartáveis entre outros produtos que também são necessários no combate ao novo coronavírus. Ao ver isso, pensamos em unir todos os esforços em uma única campanha. O dinheiro arrecadado será usado com mais organização, não correndo o risco de termos comprado mais de alguma coisa e menos de outra”, esclarece.

Dúvidas sobre como doar ou participar: rede@baurusolidaria.org.br.

(Fonte: https://acib.org.br/2020/04/15/rede-bauru-solidaria-vai-combater-o-coronavirus-na-cidade/)