Encontro marca conclusão de cursos de extensão do HRAC-USP

5º Encontro de Cultura e Extensão aconteceu no dia 08/02 e homenageou a professora Maria Aparecida Machado; alunos apresentaram suas pesquisas     

No dia 08 de fevereiro, o 5º Encontro de Cultura e Extensão – “Profa. Dra. Maria Aparecida de Andrade Moreira Machado” do Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais (HRAC/Centrinho) da USP em Bauru marcou a conclusão de cursos de extensão da instituição.

O evento aconteceu das 8h às 12h30, no Teatro Universitário da USP-Bauru, e foi voltado aos estudantes da área de Cultura e Extensão que finalizam o curso em fevereiro de 2020.

Foto: Adauto Nascimento / Acervo HRAC-USP

Ao todo, 107 alunos estão concluindo sua formação, nos cursos de Especialização em Odontologia; nas Residências Médicas em Otorrinolaringologia e em Cirurgia Crânio-Maxilo-Facial; nas Residências Multiprofissionais em Síndromes e Anomalias Craniofaciais e em Saúde Auditiva; nas Práticas Profissionalizantes em Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Facial, em Implante Coclear e Próteses Auditivas Implantáveis e em Rinologia; e na Atualização em Ortodontia Preventiva e Interceptiva.

“O objetivo deste Encontro é oferecer aos alunos de Cultura e Extensão a oportunidade de apresentarem as pesquisas desenvolvidas e também marcar esta importante etapa da formação que é a conclusão do curso. Trazer os familiares para conhecer o local de formação e participar do encerramento das atividades sempre foi um grande anseio dos nossos estudantes”, ressalta a professora Ana Lúcia Pompéia Fraga de Almeida, presidente da Comissão de Cultura e Extensão do HRAC-USP e coordenadora do evento.

Programação
A abertura do Encontro foi realizada a partir das 8h, no Teatro Universitário, com a professora Ana Lúcia Pompéia Fraga de Almeida.

Em seguida, às 8h20, a professora Maria Aparecida de Andrade Moreira Machado, pró-reitora de Cultura e Extensão Universitária da USP – que deu nome a esta quinta edição do Encontro –, ministrou a palestra “USPX: O papel transformador da cultura e da extensão na formação e na capacitação de estudantes e profissionais”.

Na sequência, às 8h35, o professor Carlos Ferreira dos Santos, superintendente do HRAC-USP e diretor da Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB-USP), proferiu a palestra “A importância das atividades de cultura e extensão no âmbito universitário”.

Encerrando a programação, das 9h às 12h30, no saguão de entrada da FOB-USP, aconteceu a apresentação dos trabalhos de conclusão de curso e residência pelos alunos do HRAC-USP, em forma de e-poster.

Foto: Divulgação, PRCEU-USP

Exposição fotográfica
Durante a programação do Encontro, das 8h50 às 9h, aconteceu a abertura da exposição fotográfica “O Olhar do 60+”, composta por 30 fotografias que abrangem múltiplos temas como natureza, sociedade, autorretrato, família, entre outros, produzidas por pessoas com mais de 60 anos, com seus diferentes olhares, interesses e vivências. A exposição é uma promoção do programa USP 60+, ligado à Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária.

60+ é a nova terminologia adotada pela USP para o público com mais de 60 anos, com o objetivo de se referir a essas pessoas de forma mais inclusiva e objetiva, sem juízo de valor, preconceitos ou cargas negativas (como pode ocorrer com os termos “terceira idade” ou “idoso”). Em 2020, inclusive, o programa USP Aberta à Terceira Idade (UATI) passou a se chamar USP 60+.

Após a realização do Encontro, a exposição fotográfica “O Olhar do 60+” ficou aberta ao público no saguão de entrada da FOB-USP nos dias 10, 11 e 12 de fevereiro, das 8h às 19h.

Foto: Marcos Santos, USP Imagens

Homenagem
Este 5º Encontro de Cultura e Extensão do HRAC-USP homenageou a professora Maria Aparecida de Andrade Moreira Machado, que deu nome a esta edição.

Atual pró-reitora de Cultura e Extensão Universitária da USP, é a primeira docente do campus de Bauru a ocupar função pró-reitora da Universidade.

Maria Aparecida Machado foi diretora da FOB-USP entre 2014 e 2018, acumulando a função de superintendente do HRAC-USP entre 2016 e 2018.

Foi também uma das principais responsáveis pela criação e implantação do Curso de Medicina da FOB-USP, que inicia sua terceira turma como o segundo curso mais concorrido da Universidade de São Paulo.

Professora titular da Disciplina de Odontopediatria da FOB-USP, é graduada e pós-graduada pela mesma Faculdade e, antes de ingressar na carreira docente, foi residente e odontopediatra do HRAC-USP.

Foto: Adauto Nascimento / Acervo HRAC-USP

De Bauru para o Brasil e o mundo
Além de referência nacional e internacional no tratamento e pesquisa das anomalias craniofaciais congênitas, síndromes associadas e deficiência auditiva, o HRAC-USP é também um importante núcleo de formação de recursos humanos e de geração e difusão de conhecimento e inovações, por meio de programa de pós-graduação stricto sensu (mestrado e doutorado), além de cursos lato sensu e de extensão (residências médicas e multiprofissionais, especializações, práticas profissionalizantes e atualização), todos gratuitos e muito deles com bolsa.

A formação de recursos humanos especializados para atuação profissional em todas as regiões do Brasil e também no exterior – nas áreas de excelência do Hospital – é, portanto, uma forte marca da instituição. Essa trajetória na área de ensino tem origem em meados da década de 1970, com residências em Odontologia. A partir de 1995, tem início uma nova e importante fase, com os cursos de Especialização lato sensu com ênfase nas especialidades de Odontologia, fundamentais para o desenvolvimento da área de Cultura e Extensão no HRAC-USP. Os cursos de mestrado e doutorado (stricto sensu) passaram a ser oferecidos no ano de 1998.

Em dezembro de 2019, os cursos lato sensu e de extensão do HRAC-USP tinham 151 alunos matriculados, o que representa 60% dos estudantes da instituição. Os cursos têm atraído, inclusive, alunos do exterior, de países como Bolívia, Equador, México, Peru e República Dominicana (América Latina) e Coreia do Sul (Ásia).

Voltados às profissões da saúde e áreas afins, esses cursos recebem estudantes com graduação em Biomedicina, Enfermagem, Fonoaudiologia, Medicina, Odontologia, Psicologia e Serviço Social. Ao todo, mais de 1.300 especialistas e outros profissionais já foram formados nos cursos de Cultura e Extensão do HRAC-USP.

Os principais diferenciais desses programas de ensino são a expertise da equipe interdisciplinar do HRAC-USP e a extensa carga horária prática, que propiciam aos estudantes oportunidades de aprofundar os conhecimentos específicos e desenvolver habilidades e técnicas.

Organização
O 5º Encontro de Cultura e Extensão foi organizado pelo HRAC-USP e contou com apoio da Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária (PRCEU) da USP. O Teatro Universitário da USP-Bauru fica localizado na Alameda Dr. Octávio Pinheiro Brisolla, 9-75, Vila Universitária.

Mais informações pelo site www.hrac.usp.br/eventos ou na Seção de Apoio Acadêmico do HRAC-USP, pelo e-mail saac@usp.br ou telefone (14) 3235-8437.