Secretário de Estado da Saúde visita Centrinho-USP e futuro Hospital das Clínicas

Comissão deverá apresentar, no primeiro semestre de 2019, proposta de modelo de gestão do novo complexo          

A partir da esquerda: os dirigentes da USP-Bauru José Sebastião dos Santos e Carlos Ferreira dos Santos, e o secretário de Estado da Saúde, José Henrique Germann. Foto: Tiago Rodella, HRAC

O Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais (HRAC/Centrinho) da USP recebeu, no dia 21 de março, a visita do secretário de Estado da Saúde de São Paulo, José Henrique Germann, e de coordenadores da pasta, que percorreram as Unidades 1 e 2 do Centrinho, futuras instalações do Hospital das Clínicas (HC) da USP de Bauru (criado por meio do Decreto Estadual Nº 63.589, de 06 de julho de 2018).

A comitiva foi recepcionada pelos professores José Sebastião dos Santos, superintendente do Centrinho e coordenador do Curso de Medicina da FOB; Carlos Ferreira dos Santos, diretor da Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB) e presidente do Conselho Deliberativo do Centrinho; e Guilherme Janson, vice-diretor da FOB; além de diretores do Hospital.

À frente, o secretário de Estado da Saúde, José Henrique Germann; o médico mastologista e ex-deputado estadual Pedro Tobias; e o superintendente do Centrinho-USP e coordenador do Curso de Medicina da FOB-USP, José Sebastião dos Santos. Foto: Paulo Cesar Alexandrowitsch, SES-SP

Segundo o secretário José Henrique Germann, a pasta está trabalhando, em conjunto com a USP, para definir como será a transição do novo complexo hospitalar da Universidade de São Paulo para a Secretaria de Estado da Saúde (SES). “Temos verba orçamentária para tratar desse assunto. Não é suficiente para colocar o hospital inteiro em funcionamento, mas dá para começar. Ele está em boas condições, mas existe [necessidade de] uma ou outra adaptação e manutenção. Então, feito isso, paralelamente, nós vamos procurar implantar o Hospital das Clínicas”, afirmou o secretário.

Para o professor José Sebastião dos Santos, a visita in loco, além de reafirmar o compromisso do Estado e da Secretaria da Saúde com o projeto de implantação do Hospital das Clínicas de Bauru, facilita a apreciação e a adequação da proposta que será elaborada pela Comissão de Transição, composta por membros da Universidade de São Paulo e da própria Secretaria da Saúde.

“Na oportunidade, reforçamos junto ao secretário e sua equipe que a prioridade é fortalecer o papel do Centrinho, com restabelecimento e ampliação das suas atividades, e implantar, após os ajustes estruturais e sanitários nas duas Unidades, as atividades de atenção à saúde que a cidade de Bauru e sua região de abrangência mais necessitam e que potencializam e se harmonizam com as atividades assistenciais do Centrinho”, ressaltou o professor José Sebastião.

A Resolução Conjunta da SES-SP e USP, publicada no dia 02 de março de 2019, instituiu a Comissão de Transição prevista no Acordo de Cooperação Técnica entre as instituições. O termo de cooperação dispõe sobre o funcionamento do futuro HC da USP-Bauru, bem como a assunção, pela Secretaria, das atribuições de assistência à saúde atualmente desempenhadas pelo HRAC.

A Comissão de Transição é composta por representantes da Secretaria de Estado da Saúde e da Universidade de São Paulo, sendo coordenada pelo Dr. Osmar Mikio Moriwak, representante da SES-SP, e pelo Prof. Dr. José Sebastião dos Santos, representante da USP. A Resolução Conjunta estabelece que a Comissão de Transição deverá apresentar, no primeiro semestre de 2019, a proposta de modelo de gestão do Hospital das Clínicas da USP de Bauru.

O professor José Sebastião dos Santos reforça ainda que “o novo complexo, que o Centrinho irá integrar, servirá de campo para a formação e especialização de estudantes do Curso de Medicina e de outras áreas da saúde ou associadas, como já ocorre no HRAC-USP. A proposta é que a assistência oferecida pelo Centrinho seja mantida e fortalecida, com ampliação gradativa de especialidades compatíveis com a atuação do Hospital e segundo necessidades do Sistema Único de Saúde de Bauru e região”.

‘Gabinete Itinerante’
A visita do secretário de Estado da Saúde a Bauru faz parte do “Gabinete Itinerante”, um projeto inédito da pasta que visa estreitar relações entre o gabinete e os gestores de todas as regiões paulistas. De acordo com a SES-SP, a finalidade é conhecer presencialmente serviços estaduais e seus responsáveis, bem como atender a imprensa regional na própria área de cobertura.

Além do Centrinho-USP e futuro HC, o roteiro incluiu a Maternidade Santa Isabel e o Hospital Estadual de Bauru, onde a equipe da Secretaria se reuniu com prefeitos e representantes dos municípios da região.

“Com o ‘Gabinete Itinerante’, vamos percorrer todo o Estado, conhecendo serviços públicos de saúde que atuam na assistência regionalizada e fortalecendo o contato com os municípios e profissionais estaduais de saúde que trabalham na região. A iniciativa demonstra o compromisso do Governo do Estado com a população, verificando presencialmente as necessidades e possibilidades de aprimoramento para cada região”, destacou o secretário José Henrique Germann.

A visita a Bauru contou, além do secretário de Estado da Saúde, com o secretário adjunto de Desenvolvimento Regional, Rubens Cury, e com os seguintes coordenadores da SES-SP: Osmar Mikio Moriwak (Regiões de Saúde), Danilo Fiori (Contratos de Gestão e Serviços de Saúde), Paulo Menezes (Controle de Doenças), Regiane de Paula (Vigilância Epidemiológica), Sonia Franquin (Assistência Farmacêutica) e Adhemar Dizioli (Grupo Técnico de Edificações). Também participaram das visitas a diretora do Departamento Regional de Saúde de Bauru (DRS 6), Doroti da Conceição Vieira Alves Ferreira; o médico mastologista e ex-deputado estadual Pedro Tobias; entre outras autoridades.

(Reportagem: Tiago Rodella, HRAC-USP)