HRAC-USP recebe diretores médicos da Santa Casa de Porto Alegre

Objetivo da visita foi conhecer a estrutura e funcionamento multidisciplinar das áreas de Implante Coclear e Saúde Auditiva          

O Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais (HRAC/Centrinho) da USP recebeu, no último dia 30 de setembro, a visita de diretores médicos da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre.

O objetivo da visita foi conhecer a estrutura e funcionamento multidisciplinar da Seção de Implante Coclear e Divisão de Saúde Auditiva do HRAC-USP, para futura implantação de um serviço de atenção especializado voltado a pacientes do Hospital da Criança Santo Antônio, referência em atendimento pediátrico de alta complexidade e ligado à Santa Casa de Porto Alegre.

Na foto, a partir da esquerda: Maurício Schreiner Miura, médico otorrinolaringologista da Santa Casa de Porto Alegre; José Faibes Lubianca Neto, chefe do Serviço de Otorrinolaringologia da Santa Casa; professor Carlos Ferreira dos Santos, superintendente do HRAC-USP e diretor da Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB-USP); Luiz Fernando Manzoni Lourençone, diretor clínico e chefe da Seção de Implante Coclear do HRAC-USP; e Jorge Ossanai Junior, diretor médico adjunto do Hospital da Criança Santo Antônio.

Referência
Pioneiro no Brasil e referência nacional e internacional em suas áreas de atuação, o HRAC-USP iniciou os atendimentos em saúde auditiva no ano de 1985, e, em 1990, realizou a primeira cirurgia de implante coclear multicanal no país. Dos 115.000 pacientes matriculados no Hospital, mais de 45.000 são da área de saúde auditiva e implante coclear.

O Programa de Implante Coclear do HRAC-USP é o maior serviço do país em número de implantes pelo Sistema Único de Saúde (SUS), com mais de 1.800 cirurgias realizadas e 1.400 pacientes implantados desde 1990.

(Foto: Divulgação HRAC-USP)