HRAC/Centrinho-USP e projeto Smile Ukraine

Ortodontistas e fonoaudiólogas de duas instituições da Ucrânia visitaram o Hospital em agosto para conhecer de perto os protocolos de reabilitação        

Neste mês, de 12 a 23 de agosto, o Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais (HRAC/Centrinho) da USP recebeu a visita de mais uma delegação de profissionais da Ucrânia, para conhecer os protocolos de reabilitação na instituição.

Integraram esta delegação as fonoaudiólogas Natalia Georgievna Pakhomova e Valeriya Arturovna Pakhomova, da Poltava V. G. Korolenko National Pedagogical University (PNPU), e as ortodontistas Oleksandra Makarova e Vira Kuroiedova, da Ukrainian Medical Stomatological Academy (UMSA). Ambas as instituições de ensino ficam na cidade de Poltava, na Ucrânia.

Além de acompanhar as rotinas da equipe interdisciplinar, as duas fonoaudiólogas ucranianas participaram ainda do 52º Curso de Anomalias Congênitas Labiopalatinas do HRAC-USP, realizado de 12 a 15 de agosto.

Essa visita internacional é parte do projeto Smile Ukraine, que visa desenvolver e aprimorar o tratamento especializado de pacientes com fissuras labiopalatinas e anomalias craniofaciais na Ucrânia. Coordenado pelo ortodontista Saulo Borges, o projeto tem suporte financeiro do Rotary International.

Há cerca de um mês, de 15 a 26 de julho, também pelo Smile Ukraine, o HRAC-USP recebeu a visita de seis profissionais das áreas de odontologia, fonoaudiologia e medicina, da Bogomolets National Medical University (NMU), de Kiev.

Na foto, a partir da esquerda: o cirurgião plástico Eudes Soares de Sá Nóbrega, chefe da Seção de Cirurgia Plástica e membro da Comissão de Relações Internacionais do HRAC-USP; a fonoaudióloga Giovana Rinalde Brandão, do HRAC-USP; as profissionais ucranianas Oleksandra Makarova e Vira Kuroiedova (UMSA), e Natalia Pakhomova e Valeriya Pakhomova (PNPU); e o professor Carlos Ferreira dos Santos, superintendente do HRAC-USP e diretor da FOB-USP.