Centrinho-USP abre seleção para pós-graduação

São 23 vagas, 11 para mestrado e 12 para doutorado; inscrições serão recebidas de 10 a 18/06             

O Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais (HRAC/Centrinho) da USP em Bauru realiza processo seletivo para o Programa de Pós-Graduação em Ciências da Reabilitação, área de concentração em Fissuras Orofaciais e Anomalias Relacionadas. São oferecidas, ao todo, 23 vagas para os cursos stricto sensu, 11 para mestrado e 12 para doutorado.

Os candidatos devem ter: formação superior compatível com as linhas de pesquisa do Programa; disponibilidade de dedicação integral ao curso, incluindo atividades ambulatoriais e assistenciais no Centrinho-USP; proficiência em língua inglesa; além de artigo aceito para publicação ou publicado em periódico nos últimos cinco anos (para candidatos ao doutorado).

As inscrições serão recebidas presencialmente na Seção de Pós-Graduação do Centrinho-USP, no período de 10 a 18 de junho de 2019, em dias úteis, das 8h30 às 12h e das 14h às 17h. A taxa de inscrição para o processo seletivo é de R$ 180,00.

A seleção será realizada no dia 26 de junho de 2019, por meio de questionário escrito, prova específica, e discussão e análise curricular. Os cursos terão início no dia 05 de agosto de 2019.

O edital completo, formulário de inscrição, relação de orientadores e súmula curricular estão disponíveis no site www.hrac.usp.br/pos-graduacao/processos-seletivos. O Centrinho-USP fica localizado na Rua Sílvio Marchione, 3-20, Vila Universitária, Bauru (SP). Mais informações podem ser obtidas pelo e-mail ppg.hrac@usp.br ou telefone (14) 3235-8434.

Reconhecido como Hospital de Ensino pelos Ministérios da Saúde e da Educação, o Centrinho-USP atua na área de ensino há mais de duas décadas e já titulou mais de 1.500 mestres, doutores, especialistas e outros profissionais.

Diferenciais
Único no país e no mundo em sua área de concentração, o Programa de Ciências da Reabilitação do Centrinho-USP teve sua nota de avaliação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) elevada para cinco em 2017, que representa nível de excelência em itens como formação dos mestrandos e doutorandos, qualificação do corpo docente, pesquisa, produção cientifica e captação de fomento.

Outro destaque do Programa é a ampla possibilidade de internacionalização, com intercâmbios e pesquisas por meio de convênios com grandes universidades e instituições de ensino da América do Sul, América do Norte, Europa e Ásia.

Gratuito, o Programa visa, de modo amplo, formar recursos humanos altamente qualificados, embasados em princípios acadêmico-científicos, capazes de atuar na difusão de conhecimentos e contribuir para o avanço da área com a geração de novos conhecimentos e inovações.

De modo estrito, visa a formação interdisciplinar de pesquisadores na área e, simultaneamente, sua qualificação para a docência, pesquisa e para o exercício diferenciado de suas funções, com liderança e capacidade de supervisão. Trata-se de proposta de perfil acadêmico e multidisciplinar, oferecido por centro de referência internacional.

O Programa visa ainda contribuir para a reabilitação de indivíduos com anomalias craniofaciais, no sentido de melhorar a qualidade dos resultados funcionais, estéticos e psicossociais, reduzindo o desgaste do paciente e suas famílias durante a terapia e promovendo a sua inclusão na sociedade.

Desde sua criação até dezembro de 2018, já foram concedidos 317 títulos, 198 de mestre e 119 de doutor. Os diferenciais dos cursos de mestrado e doutorado do Centrinho-USP também têm atraído diversos estudantes estrangeiros nos últimos anos. O Programa já titulou seis estrangeiros e, atualmente, conta com cinco pós-graduandos matriculados.

(Foto: Defesa no Programa de Pós-Graduação do Centrinho-USP / Arquivo HRAC-USP)