Trabalho de pesquisadores da USP-Bauru é premiado em congresso mexicano

Estudo sobre fonoterapia intensiva em pacientes com fissura obteve segundo lugar no Prêmio de Melhor Trabalho Científico   

Estudo de pesquisadores da Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB) e do Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais (HRAC/Centrinho) da USP-Bauru foi premiado no 17º Congresso Nacional da Associação Mexicana de Fissura Labiopalatina e Anomalias Craniofaciais, realizado de 10 a 13 de outubro, na cidade de León, no México.

O trabalho “Resultados de fala a longo prazo de indivíduos com fissura palatina após fonoterapia intensiva” obteve o segundo lugar no Prêmio de Melhor Trabalho Científico.

Os autores são: Gabriela Zuin Ferreira e Thais Alves Guerra, doutorandas de Fonoaudiologia da FOB; Maria Daniela Borro Pinto e Melina Evangelista Whitaker, fonoaudiólogas do HRAC; professora Viviane Cristina de Castro Marino, do Departamento de Fonoaudiologia da Universidade Estadual Paulista (Unesp-Marília); e Jeniffer de Cassia Rillo Dutka e Maria Inês Pegoraro-Krook (orientadora), professoras do Departamento de Fonoaudiologia da FOB e da Pós-Graduação do HRAC.

O trabalho, que faz parte da tese de doutorado de Gabriela Zuin Ferreira, foi apresentado pela mesma durante o evento.