Reconhecimento: fonoaudióloga do HRAC é indicada ao Prêmio Destaque da SBFa

Rosana Prado acaba de ser indicada pela Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia para concorrer na área de Disfagia   

A fonoaudióloga Rosana Prado de Oliveira, chefe da Seção de Fonoaudiologia do Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais (HRAC/Centrinho) da USP e tutora do Programa de Residência Multiprofissional em Saúde: Síndromes e Anomalias Craniofaciais, acaba de ser indicada pela Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia (SBFa) para concorrer ao Prêmio Destaque 2018 na área de Disfagia.

Entre profissionais de todo o Brasil que atuam na área, ela foi indicada juntamente com a fonoaudióloga Irene de Pedro Netto Vartanian, colaboradora do Hospital Sírio-Libanês, de São Paulo, e com a fonoaudióloga Rosane Sampaio Santos, coordenadora do Programa de Mestrado e Doutorado em Distúrbios da Comunicação da Universidade Tuiuti do Paraná.

A votação para o Prêmio está aberta para membros da SBFa, no site www.sbfa.org.br, até o dia 23/09.

Os profissionais premiados em todas as áreas serão anunciados durante o 26º Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia, que acontece de 10 a 13/10 em Curitiba (PR).

“A indicação já representa um reconhecimento muito importante, tanto profissionalmente como também ao trabalho realizado na área de Disfagia no HRAC, pois há instituições e profissionais muito qualificados e renomados que atuam nessa área no país”, destaca a fonoaudióloga Rosana Prado de Oliveira.

(Foto: Arquivo HRAC-USP)