Artigos científicos do HRAC-USP são destaque em publicação internacional

Estão entre os top 10 em um dos principais periódicos de anomalias craniofaciais do mundo          

Três artigos científicos de pesquisadores do Programa de Pós-Graduação do Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais (HRAC/Centrinho) da USP estão entre os dez mais lidos de suas áreas, no ano de 2017, na revista The Cleft Palate-Craniofacial Journal (CPCJ), um dos principais periódicos da área de anomalias craniofaciais do mundo.

O artigo “Rapid Maxillary Expansion after Alveolar Bone Grafting with rhBMP-2 in UCLP Evaluated by Means of CBCT” (“Expansão rápida da maxila após enxerto ósseo alveolar com rhBMP-2 em FLPU avaliado por meio de CBCT”), de autoria de Daniela Garib (FOB-USP e HRAC-USP), Felicia Miranda (FOB-USP), Renata Sathler (HRAC-USP), Anne Marie Kuijpers-Jagtman (Radboud University, Holanda) e Carlos Alberto Aiello (HRAC-USP), ficou em 6º lugar em Ortodontia.

Outro artigo, “Tooth Abnormalities and Occlusal Disorders in Individuals with Frontonasal Dysplasia” (“Anormalidades dentárias e distúrbios oclusais em indivíduos com displasia frontonasal”), de autoria de Vanessa Benetello Dainezi (Unicamp), Lucimara Teixeira das Neves (FOB-USP e HRAC-USP), Gisele da Silva Dalben (HRAC-USP) e Marcia Ribeiro Gomide (HRAC-USP), ficou na 10ª posição da mesma área. A relação completa de Ortodontia está disponível no endereço http://journals.sagepub.com/page/cpc/special-collection-orthodontics.

Já o artigo “Size of Velopharyngeal Structures after Primary Palatoplasty” (“Tamanho das estruturas velofaríngeas após a palatoplastia primária”) foi destaque na área de Fonoaudiologia e Audiologia. De autoria de Flávia Rodrigues da Silva (HRAC-USP), Jeniffer de Cássia Rillo Dutka (FOB-USP e HRAC-USP), Adna Maressa Pereira Amaral (HRAC-USP), Maíra de Souza Périco (FOB-USP) e Maria Inês Pegoraro-Krook (FOB-USP e HRAC-USP), o artigo ficou na 7ª posição em sua área (http://journals.sagepub.com/page/cpc/special-collection-speech-pathology).

“Este é mais um importante reconhecimento do trabalho realizado na instituição e do nosso Programa de Pós-Graduação em Ciências da Reabilitação, que completou 20 anos e em 2017 também teve sua nota de avaliação da Capes [Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior] elevada para 5”, ressalta a professora Ana Paula Fukushiro, presidente da Comissão de Pós-Graduação do HRAC-USP.

“Essas conquistas mostram a excelência do Programa na realização de pesquisas, na produção cientifica, na qualificação do corpo docente e em sua liderança, sendo o único no país e no mundo com área de concentração em Fissuras Orofaciais e Anomalias Relacionadas”, pontua.