Alumni USP quer expandir acesso a ex-alunos

A plataforma vem recebendo uma série de novos recursos, como o balcão de oportunidades, o diploma virtual e o acesso ao acervo digital de bibliotecas

O portal Alumni USP, rede social que reúne ex-alunos da Universidade, quer expandir sua abrangência e aumentar o número de cadastrados em sua plataforma. Para isso, o escritório que coordena o programa tem promovido workshops com assistentes acadêmicos, funcionários dos Serviços de Graduação e de Pós-Graduação, das Seções de Diplomas e das Áreas de Comunicação das Unidades de Ensino e Pesquisa da Universidade.

No dia 28 de agosto, o reitor Vahan Agopyan participou da abertura do segundo evento da série, que foi promovido na Sala do Conselho Universitário. “As antigas seções de ex-alunos das unidades avançaram para uma ação institucional mais integrada. É importante que a comunidade acadêmica esteja engajada nesse processo de relacionamento com os ex-alunos. A rede deve crescer e ser representativa desse público”, afirmou o dirigente.

A coordenadora do Escritório Alumni USP e professora da Faculdade de Odontologia (FO), Marina Helena Cury Gallottini, explica que, atualmente, a plataforma registra o cadastro de mais de 31 mil usuários, o que representa 11% do total de diplomados da Universidade, que é de quase 300 mil estudantes. Do total de cadastrados, 52% são de titulados na graduação, 26% na pós-graduação e 22% na graduação e na pós-graduação.

Marina ressalta, entretanto, a necessidade de divulgar a plataforma entre os ex-alunos e que esse deve ser um “trabalho contínuo”.

Novos recursos
Criado em outubro de 2016, o Alumni USP vem recebendo, nos últimos dois anos, uma série de novos recursos, como o balcão de oportunidades, para a divulgação de vagas de empregos; o diploma virtual, ferramenta que permite aos formados imprimir um diploma certificado direto do site; e o acesso ao acervo digital do Sistema Integrado de Bibliotecas (Sibi).

Os novos recursos se somam aos benefícios que a plataforma já oferecia, como acesso aos serviços do G Suit da Google e a mentoria profissional, com ex-alunos mais experientes que se dispõem a orientar quem está ingressando no mercado de trabalho.

Outra possibilidade é acionar a geolocalização para encontrar outros usuários, por nome ou por área de formação — algo que pode ser usado durante congressos e viagens de intercâmbio para fazer novas conexões dentro do meio profissional e acadêmico.

O cadastro é voluntário e gratuito.

(Fonte: Assessoria de Imprensa da Reitoria da USP)