Doutora do HRAC recebe bolsa de estudos internacional

Trabalho foi um dos 11 selecionados no International Cleft Congress 2017, principal congresso científico mundial na área da fissura labiopalatina

A cirurgiã-dentista Cristiane Lucas de Farias Luz, doutora pelo Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais (HRAC/Centrinho) da USP, foi contemplada com uma bolsa de estudos internacional pelo trabalho “Avaliação da relação interarcos em pacientes com fissura transforame incisivo bilateral por meio do índice oclusal bilateral”, apresentado no International Cleft Congress 2017, realizado na Índia no último mês de fevereiro.

O trabalho foi um dos 11 selecionados no evento, promovido pela Confederação Internacional de Fissura de Lábio e Palato e Anomalias Craniofaciais Relacionadas, e principal congresso científico mundial na área.

O estudo contemplado é a tese de doutorado de Cristiane Luz, defendida em 2016, no Programa de Pós-Graduação em Ciências da Reabilitação do HRAC, sob orientação da ortodontista Terumi Okada Ozawa, da Divisão de Odontologia e da Pós-Graduação do Hospital.

Os achados da pesquisa apontam que o índice oclusal bilateral (um instrumento para avaliação clínica da relação entre as arcadas dentárias de pacientes com fissura labiopalatina bilateral, desenvolvido a partir de um trabalho multicêntrico de cooperação internacional conduzido pela Dra. Terumi Okada Ozawa em 2011) é aplicável a modelos virtuais tridimensionais, apresentando satisfatória reprodutibilidade.

“O estudo inovou ao comprovar a aplicabilidade desse índice a modelos virtuais 3D, o que corrobora a possibilidade de uso dessa tecnologia para o compartilhamento eletrônico de informações entre os diversos centros de tratamento de anomalias craniofaciais espalhados pelo mundo”, explica a autora Cristiane Luz.

Foto: Arquivo pessoal