Campus de Bauru inaugura nova infraestrutura

Núcleo contemplará estudantes de Medicina, Odontologia e Fonoaudiologia e profissionais da rede pública de saúde |

Reitor Zago; o primeiro professor do curso de Medicina, Gerson Alves Pereira Júnior (transferido da FMRP); e os professores José Sebastião, Maria Aparecida e Carlos Ferreira dos Santos (vice-diretor da FOB)

O dia 14 de dezembro foi uma data festiva no campus de Bauru. O reitor Marco Antonio Zago esteve na cidade para cumprir uma agenda de inaugurações, que incluiu o prédio do novo Núcleo de Educação e Capacitação em Saúde, as instalações da segunda unidade do Centro Integrado de Pesquisa (CIP II) e a reforma do prédio da Clínica de Fonoaudiologia.

Na cerimônia de inauguração, a diretora da Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB) e superintendente do Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais (HRAC), Maria Aparecida de Andrade Moreira Machado, destacou que 2017 representou um ano de uma grande conquista para o campus: a implantação do novo curso de Medicina, que será oferecido a partir do próximo ano e foi o segundo curso mais procurado no Vestibular da Fuvest, com 105,88 candidatos por vaga. “Em poucos anos, o campus de Bauru será reconhecido como uma referência na área de Saúde”, destacou.

O reitor Marco Antonio Zago ressaltou o impacto socioeconômico e seus reflexos positivos na cidade e na região nos próximos dez anos em decorrência do novo curso. “Esse é o futuro que podemos antever para a Universidade”, afirmou. O dirigente também destacou a importância dos novos espaços inaugurados para a vida da Instituição. “O campus de Bauru é privilegiado, com estrutura imponente e um excelente hospital. Essa estrutura precisa ser preenchida por estudantes. Esta é a missão da Universidade: formar lideranças”, considerou.

Novo núcleo
Uma das inaugurações mais esperadas era a do Núcleo de Educação e Capacitação em Saúde, voltado para a prática dos estudantes, professores e profissionais da rede de saúde pública municipal e estadual. Para isso, conta com bonecos de última geração que simulam pacientes, adultos e crianças, nos quais podem ser realizados procedimentos como massagem cardíaca, técnicas para insuficiência respiratória e até um parto normal.

O Núcleo é coordenado pelo professor de Cirurgia do Aparelho Digestivo da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) e presidente da Comissão de Implantação do Curso de Medicina, José Sebastião dos Santos.

“O curso começa com a proposta de ser extremamente moderno, em que o estudante, desde o primeiro dia de aula, vai para a prática médica e para a unidade básica de saúde, ao mesmo tempo em que começa a estudar os fundamentos para entender a medicina. É uma evolução no ensino da medicina o que estão fazendo em Bauru”, comemorou o reitor.

Fomento à pesquisa
Outro espaço inaugurado foi o da segunda unidade do Centro Integrado de Pesquisa (CIP II). Trata-se de um prédio com área de 553,48 metros quadrados, dois pavimentos, com  capacidade para vinte salas e laboratórios e estrutura planejada para atender diferentes pesquisas.

Segundo o professor da FOB e coordenador do Centro, Rodrigo Cardoso de Oliveira, “uma vez que temos uma demanda cada vez maior de pesquisas em diferentes linhas e áreas, como materiais dentários, testes mecânicos, testes biológicos e microscopia, o CIP II vai acomodar melhor novos equipamentos, além de proporcionar um ambiente mais integrado entre as diferentes ferramentas. Seu espaço foi planejado de modo a atender várias linhas de pesquisas e necessidades de nossa Unidade”.

Já a Clínica de Fonoaudiologia foi reformada e recebeu melhorias para o atendimento. A Clínica tem área de cerca de dois mil metros quadrados, com três pavimentos, e recebe cerca de 200 novos pacientes mensalmente.

(Da Assessoria de Imprensa da Reitoria da USP / Com informações da Assessoria de Comunicação da PUSP-B)

……………………………………………………………………………………………………..
Fotos: Denise Guimarães, FOB-USP