Institucional

Perfil:

O Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais da Universidade de São Paulo (HRAC-USP), conhecido por Centrinho-USP, situa-se no Campus USP de Bauru, interior do Estado de São Paulo. Trata-se de órgão complementar da Universidade, com autonomia administrativa e diretamente vinculado à Reitoria da USP.

É hospital especializado na reabilitação de fissuras labiopalatinas, anomalias congênitas do crânio e da face e deficiências auditivas, não realizando atendimentos de urgência e emergência. Oferece tratamento integral e multidisciplinar, dedicando 100% de sua capacidade instalada a usuários do Sistema Único de Saúde (SUS).
No Brasil, há 28 estabelecimentos de saúde credenciados no SUS para esse tipo de atendimento.
Saiba mais acessando o Portal da Saúde do SUS (clique aqui).

Na área de ensino, possui programas de pós-graduação stricto e lato sensu, com uma média anual de 240 alunos matriculados.

Em sua trajetória no campo da saúde brasileira, o HRAC-USP agregou ao seu nome valores como humanização, acessibilidade, desenvolvimento e ciência a serviço do cidadão, e esses valores encontram-se amplamente difundidos entre seus públicos-alvo prioritários: os cidadãos que fazem uso de seus serviços e os membros de sua equipe.

A missão do Centrinho/HRAC-USP:

Oferecer serviços especializados de assistência à saúde, de forma humanizada e integrada, promovendo a reabilitação integral de cidadãos com fissuras labiopalatinas, anomalias craniofaciais congênitas e deficiências auditivas. Desenvolver pesquisas que contribuam para a ciência e para a capacitação de profissionais nas áreas de atuação da instituição.

A visão do Centrinho/HRAC-USP:

Ser um centro de excelência e referência, reconhecido nacional e internacionalmente, nas áreas de pesquisa, ensino e atenção em saúde às fissuras labiopalatinas, anomalias craniofaciais e deficiências auditivas.