(Português do Brasil) Julho Laranja alerta sobre ortodontia precoce

Disculpa, pero esta entrada está disponible sólo en Portugués De Brasil.

Campanha visa educar as famílias e os profissionais sobre a importância do início do tratamento ortodôntico entre os 5 e 7 anos de idade

A campanha Julho Laranja, que está sendo realizada nesse mês, foi lançada em 2019 numa iniciativa da cirurgiã-dentista de Brasília Cibele Albergaria, baseada em uma série de postagens nas redes sociais da cirurgiã-dentista Daniela Garib, chamando a atenção para a importância e benefícios do tratamento ortodôntico precoce.

Professora associada de Ortodontia da Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB-USP) e docente do Programa de Pós-Graduação e presidente da Comissão de Pesquisa do Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais (HRAC/Centrinho-USP), Daniela Garib tem divulgado a campanha e fomentado argumentos da importância da prevenção como a maior expressão de bem-estar que o ser humano pode experimentar na área da saúde.

Quando a criança tem acesso à ortodontia antecipadamente à adolescência, o ortodontista pode monitorar o crescimento facial e o desenvolvimento da dentição, prevenindo complicações e simplificando as intervenções.

Segundo a professora Daniela Garib, essa campanha visa educar as famílias bem como os cirurgiões-dentistas clínicos gerais de que o primeiro exame ortodôntico da criança, tanto em nível de saúde pública como em clínicas privadas, deve ocorrer cedo, dos 5 aos 7 anos de idade.

Com isso, a campanha tem o objetivo de corrigir o conceito equivocado de que a ortodontia só pode ser realizada nos jovens com todos os dentes permanentes na boca.

Há irregularidades dentofaciais que apresentam resolução muito mais simples quando abordadas na criança em comparação ao adolescente ou adulto.

Existe um conjunto de evidências dos benefícios do monitoramento e intervenções ortodônticas e ortopédicas precoces para simplificação do tratamento, aumento da autoestima, incremento da qualidade de vida, melhora do status psicossocial e ganhos funcionais em atividades vitais como a boa qualidade da respiração e do sono.

A criança deve ser educada para desenvolver o hábito de boa higiene oral ao longo de toda a vida. Um dos slogans da campanha é “Cuidados precoce, sorriso para toda a vida”.

Os pais devem sempre seguir as instruções profissionais e motivar as crianças para a disciplina dos bons hábitos de higiene, incluindo nesse caso a higiene oral.

Colaboram com a campanha Julho Laranja a Dra. Patricia Freitas, de Brasília, e o Dr. Ricardo Paulin, do Conselho Regional de Odontologia do Distrito Federal (CRO-DF).

Cibele Albergaria escolheu a cor laranja por ser vibrante, e a professora Daniela Garib escolheu o mês de julho por ser um mês de férias de inverno em que a família pode dedicar-se à prevenção em saúde.

Congresso Nacional iluminado com a cor laranja. Foto: Divulgação

Desdobramentos da campanha
A campanha tem repercutido positivamente em todo o Brasil e na América do Sul. Em 2020, o Palácio do Planalto acendeu as luzes laranjas em apoio à campanha. Esse ano, além do Palácio do Planalto, o Congresso Nacional e o Ministério da Saúde estão iluminados com a cor laranja durante o mês de julho.

No Campus da USP de Bauru, os alunos de graduação em Odontologia são orientados para que a primeira consulta deve ocorrer dos 5 aos 7 anos de idade, por volta da exfoliação dentária (quando ocorre a queda do primeiro dente de leite).

 

 

(Fonte: Marianne Ramalho, Assessoria de Comunicação da PUSP-B)

Assessoria de Imprensa HRAC-USP

Assessoria de Imprensa HRAC-USP